Auto-reflexão

A menos que cada experiência tenha de seguida uma auto-reflexão, os resultados de aprendizagem não serão facilmente alcançados! Aqui estão algumas atividades que podem ajudar os participantes a tornarem-se mais conscientes do seu processo de aprendizagem.

 

 

 

Apresentação dos resultados do projeto e de aprendizagem

Nas formações, é muito importante para os participantes estarem ciente do processo de aprendizagem e da sua estrutura, a fim de melhor compreenderem as experiências de que irão fazer parte. Por isso, mesmo desde o início, o formador deve apresentar a programa da formação e deve explorar, em conjunto com os participantes, os resultados esperados dessa aprendizagem.

 

 

Cardinal directions

Este exercício pode facilitar a auto-reflexão dos participantes sobre as suas necessidades de aprendizagem. A sala será dividida em 4 quadrantes, com duas linhas a traçar os quatro pontos cardeais. Cada uma destas instruções irá representar um tipo de personalidade, como se segue: Norte - as pessoas mais orientadas ao planeamento e a uma visão geral das coisas; Oeste - as pessoas mais orientadas em relações humanas; Sul - as pessoas mais orientada em agir, seguir os seus instintos; Este - sonhadores e pessoas movidas pela sua imaginação;

Os participantes irão ser convidados a posicionarem-se de acordo com a sua própria personalidade e a refletirem sobre como isso influencia os seus relacionamentos e como comunicam. A partir dessa auto-reflexão (que pode ser partilhada pelo grupo, dependendo de quem se voluntariar), os participantes terão de pensar sobre quais são os seus pontos fortes relacionados à comunicação e relaões, o que eles gostariam de melhorar e quais são as suas necessidades de desenvolvimento.

 

 

Diário de aprendizagem

Cada participante deve receber uma pasta que contenha uma breve descrição de cada sessão com espaço em branco, neste os participantes podem escrever algo relativamente a essas sessões, como a sua opinião e as coisas mais importantes que aprenderam. O treinador deve dar tempo, no final de cada exercício, para eles possam preencher esta informação. Além disso, alguns participantes podem partilhar em voz alta quais os seus resultados de aprendizagem.

 

 

Plano de desenvolvimento pessoal

Tendo em conta as suas necessidades pessoais e os resultados de aprendizagem esperados da formação, os participantes receberão um modelo que podem usar para elaborar o seu plano de desenvolvimento. Além disso, através do calendário de sessões, eles terão de identificar as sessões que eles consideram ser as mais úteis para o seu desenvolvimento e também aquelas em que podem dar um contributo, ligando assim as suas expectativas e contributos relativamente à formação.

Aqui está um modelo para um possível plano de desenvolvimento pessoal:

Plano de desenvolvimento pessoal

Language

Choose your preferred language