Como ser mais criativo?

A criatividade é uma das competências mais importantes do século 21. Todos os dias somos bombardeados com novas informações e problemas que se tornam-se cada vez mais complexos, aumentando assim a necessidade de iniciativas e respostas mais criativas. Aqui estão várias ferramentas que podem ajudar-te a encontrar abordagens criativas para o teu trabalho!

 

 

 

Desaprender / esquecer / desmontar /

Irá ser explicado aos participantes que, a fim de serem mais criativos, primeiro devem criar espaço para a inovação. Eles precisam de deixar para trás o velho a fim de abrir caminho para o novo.

Para tal, deverão, em grupos, identificar alguns conceitos que foram considerados verdades imutáveis durante anos ou séculos e que agora tenham sido ultrapassados (por exemplo, "O mundo é plano", "Nenhum objeto mais pesado do que o ar pode voar", etc.). Através de uma discussão facilitada, deve ser introduzida a noção de que algo que é considerado válido agora não é necessariamente imutável.

Nos mesmos grupos, os participantes serão convidados a pensar em outros conceitos que sejam considerados válidos neste momento, mas podem mudar num futuro próximo ou distante.

A análise deve concentrar-se em fazer com que os participantes fiquem cientes de que às vezes nos limitamos porque acreditamos nalgumas coisas como elas são e não estamos prontos para as desafiar.

 

 

E se?

Devem ser colocados vários flipcharts na sala com a pergunta "E se?" escrita no título. Os participantes serão convidados a deixar a sua imaginação voar, procurando quebrar as "barreiras" que existem no nosso mundo e imaginar outros novos. Isto pode ser feito ao pensar "E se ..." (por exemplo, "E se os carros parassem de usar combustível fóssil?", "E se pudéssemos viajar instantaneamente para outro lugar?", "E se a Internet parasse por uma semana ?").

Várias respostas aos "E se" devem ser escritas noutros flipcharts e os participantes devem escrever quais as implicações dessas situações se fossem reais.

No final, os participantes serão convidados a pensar para si mesmos e escreverem num papel vários "E se?" que se irão referir à sua própria personalidade e imaginar quais as suas implicações.

A análise irá concentrar-se nos limites auto-impostos e como estes podem influenciar-nos.

 

 

Restruturação criativa

Divididos em grupos, os participantes irão receber um item que terão de descrever num flipchart. Depois de anotarem todas as suas características, os participantes terão de imaginar o mesmo item, mas com menos uma dessas características ou até mesmo algo contrário (por exemplo, "telefones fixos - ligados a fios" - "telefones fixos - não ligados a fios "). A partir disto, eles vão ter de criar produtos e soluções novas e inovadoras (por exemplo, "telefone fixo sem fios").

 

 

Conexões inovadoras

Os participantes serão divididos em grupos e receberão uma folha que contém duas colunas com vários itens. Irá ser-lhes pedido para ligarem um item da primeira coluna à outra de modo a imaginarem um novo produto. Depois de cada grupo apresentar as suas invenções aos outros, eles terão de escolher uma das invenções de outro grupo e transformá-la em algo prático que possa ser vendido.

Language

Choose your preferred language